Pesquisa

Não existem registos

Não existem registos

Não existem registos

Libido (baixa)


A falta de libido traduz-se pela falta de desejo sexual que acontece tanto em homens como em mulheres.
 

A causa de uma baixa libido pode por um lado estar associada a factores mentais, emocionais e sociais, sendo esta a causa do maior número de casos, mas poderá também, por outro lado, estar associada a questões físicas ou fisiológicas, tais como desequilíbrios hormonais existentes.

 

Sendo a baixa libido um problema com múltiplas causas, deve por isso ter uma abordagem terapêutica global e integrada que permita detectar e corrigir os desequilíbrios encontrados.

 

Esta resposta é dada com sucesso através das várias vertentes da Medicina Complementar, nomeadamente:


• Medicina Quântica
• Medicina Tradicional Chinesa
• Homeopatia

 

Estas áreas intervêm com uma abordagem que relaciona e actua nos aspectos mentais, emocionais e físicos de cada individuo, ajudando o organismo a encontrar o seu equilíbrio e a recuperar a libido, seja pela diminuição do stress e ansiedade, ou pelo equilíbrio do sistema límbico actuando directamente sobre as emoções.

 

No que respeita às causas de origem mental, emocional e social, existe uma grande diversidade de situações que podem estar relacionadas com a baixa libido, e cuja compreensão é fundamental, nomeadamente:


• Existência de conflitos ou bloqueios na relação conjugal
• Ocorrência, na infância, de situações de abuso sexual
• Educação que promoveu uma repressão das emoções
• Vivência no momento presente de uma fase mais difícil relativamente às questões do quotidiano
• Vivência no momento presente de um período de baixa auto-estima (poderá acontecer durante a menopausa)
• Estado depressivo ou ansiedade
• Etc.

 

Relativamente às causas físicas e fisiológicas de uma baixa libido, existe também uma diversidade de possibilidades:


• Desequilíbrios hormonais
• Dispareunia (dor persistente na zona genital ou pélvica durante a penetração, no caso das mulheres)
• Inflamações vaginais recorrentes que causam dor, desconforto e dificuldade na lubrificação vaginal.

 

Tanto para o homem como para a mulher são de extrema importância factores como uma alimentação saudável, dormir um número de horas suficiente, não abusar de bebidas alcoólicas e evitar sempre que possível o uso de determinados fármacos que por si só são capazes de provocar uma baixa libido, tais como antidepressivos, pílula anticoncepcional, anti hipertensores e sedativos.

 

Para mais informações, contacte a nossa Recepção e saiba tudo o que podemos fazer pela sua Saúde.