Pesquisa

Não existem registos

Não existem registos

Não existem registos

Hiperactividade ou Transtorno do Deficit de Atenção


A hiperactividade ou deficit de atenção é um transtorno que surge normalmente na infância e que se caracteriza por distração e agitação extremas, que interferem significativamente na vida e desenvolvimento normais da criança.

 
Estima-se que 3 a 6% das crianças entre os 6 e os 12 anos de idade apresentam este transtorno.

 
Este transtorno acompanha normalmente a pessoa até á idade adulta, embora os sintomas possam diminuir de intensidade.


A criança pode apresentar maioritariamente sintomas de deficit de atenção, de hiperactividade ou de ambos.


Especificamente para combater os problemas de aprendizagem, assim como a hiperactividade e o transtorno de deficit de atenção a Clínica Da Vinci criou o Plano Terapêutico ReLearn.

 
Este plano consiste na avaliação e tratamento deste transtorno através da Medicina Quântica, podendo ainda fazer parte deste plano a Nutrição e a Osteopatia.

 
Para além de permitir avaliar o estado de saúde geral da criança com hiperactividade, a Medicina Quântica equilibra as funções cerebrais no sentido de devolver á criança a tranquilidade necessária para que esta tenha uma vida social e familiar estável.

 
Outros aspectos como possíveis carências nutricionais e hábitos alimentares que estejam a promover este transtorno serão também analisados e devidamente corrigidos.


Os sintomas do deficit de atenção caracterizam-se por:


• Dificuldade de concentração nas aulas
• Dificuldade em manter a atenção e concentração em tarefas ou actividades
• Incapacidade de finalizar as tarefas que iniciou
• Dificuldade de organização
• Aversão por actividades que exijam esforço mental
• Perda ou esquecimento de objectos
• Esquecimento de actividades que tem de concretizar
• Incapacidade de filtrar estímulos exteriores durante uma actividade

 

Os sintomas da hiperactividade caracterizam-se por:


• Agitação dos pés e das mãos
• Dificuldade de permanecer quieto numa cadeira
• Correr ou trepar em situações em que tal é inapropriado
• Dificuldade em brincar ou ficar em silêncio a desfrutar de uma actividade de lazer
• Falar incessantemente, precipitando-se a dar respostas interrompendo as perguntas
• Dificuldade em aguardar a sua vez, interrompendo conversas e brincadeiras de outros colegas

 

Na origem da hiperactividade e deficit de atenção podem estar factores genéticos, exposição a fumo do tabaco durante a gravidez, desequilíbrios ao nível do circuito cerebral, ou factores emocionais e psicológicos, como por exemplo o stress familiar.


Para mais informações, contacte a nossa Recepção e saiba tudo o que podemos fazer pela sua Saúde