Pesquisa

Não existem registos

Não existem registos

Não existem registos

A Acupunctura na Lombalgia

 

O termo lombalgia designa o aparecimento de uma dor intensa na região lombar.


Pode ser originada por uma alteração ao nível dos músculos e dos ossos, resultante de um esforço brusco ou de um desgaste continuado.


A lombalgia é, na maioria dos casos, provocada pela irritação ou compressão dos nervos sensitivos provenientes da medula espinal, que se estendem à coluna vertebral naquela zona.


Pode decorrer de um esforço ou de uma torção do tronco inadequada.


A dor pode por vezes alastrar-se para as regiões glútea e pélvica ou até para um membro, em caso de ciática.


A intensidade da dor pode ir do simples incómodo constante, no caso da lombalgia crónica, até à limitação extrema de movimento quando a dor atinge níveis muito elevados.


Para além disso, os músculos dessa zona sofrem uma contractura, como reacção de defesa, de modo a impossibilitar os movimentos que aumentem a dor, o que faz com que o paciente tenha tendência para adquirir uma postura atípica ficando com o tronco inclinado para a frente ou para um dos lados.


Segundo a Medicina Tradicional Chinesa, a lombalgia está relacionada com disfunções no Rim (devido á sua localização) ou no Fígado (já que este orgão rege o sistema tendino-muscular).

 

Os tratamentos levados a cabo na Clinica da Vinci para o tratamento desta patologia incluem a aplicação de acupunctura em zonas especificas de forma a aliviar de imediato a dor, aplicação de calor e ventosa-terapia.

 

Através do diagnóstico prévio que é feito no inicio do tratamento, será também possível aferir a causa do problema, de modo a poder tratar o mesmo de um modo mais profundo e integrado.

 
Geralmente ao fim da primeira sessão de tratamento o alivio dos sintomas é bastante  notório, induzindo uma sensação de alivio e bem estar. Dependendo dos casos, poderão ser necessárias, para o completo tratamento desta patologia, 5 ou mais sessões de tratamento.


Na consulta de Medicina Tradicional Chinesa (Acupunctura) poderão ser propostas pelo Terapeuta medidas complementares de tratamento que podem envolver a Medicina Quântica, a Osteopatia, a Homeopatia, entre outras, sendo que será sempre utilizada a Terapêutica que melhor se adequa a cada caso especifico com a finalidade de estabilizar e tratar a patologia.

 

Por: Dra. Marta Dinis, terapeuta especializada em Medicina Tradicional Chinesa