Pesquisa

Não existem registos

Não existem registos

Não existem registos

Menopausa

A Menopausa surge quando a etapa reprodutora feminina chega ao fim, desaparecendo assim a possibilidade de haver gravidez com o cessar das menstruações.

 
Esta é uma etapa marcante na vida da mulher, quer relativamente a aspectos fisiológicos, relacionados com o seu organismo, quer relativamente a aspectos emocionais e psicológicos.

 

As alterações hormonais dão-se de uma forma progressiva às quais também o organismo da mulher se adapta de uma forma progressiva. Esta fase em que a mulher vivencia essas alterações tem o nome de climatério.

 

O período de alterações que antecede a última menstruação definitiva pode demorar vários meses e até anos e por esse motivo ele toma a designação de pré-menopausa, constituindo a pós-menopausa o período posterior ao desaparecimento da menstruação.

 

A Menopausa surge normalmente entre os 45 e os 55 anos de idade, dependendo do estilo de vida de cada mulher, bem como de factores genéticos, considerando-se uma menopausa precoce quando a última menstruação antecede os 45 anos de idade e uma menopausa tardia quando a última menstruação surge depois dos 55 anos de idade.

 

As repercussões da Menopausa são bastantes extensas e variadas, pelo que é fundamental um acompanhamento terapêutico que amenize os vários sintomas (físicos e emocionais) e que forneça à mulher em menopausa uma boa qualidade de vida.

 

Na Clínica Da Vinci, cada mulher que se encontre a entrar, ou já a vivenciar, esta condição, que tantas alterações produz na sua vida, é vista de uma forma única e particular, com o objectivo de permitir que passe por esta fase da forma mais tranquila possível, tanto a nível físico como emocional, suprindo todas as suas necessidades de uma forma natural, de modo a que todos os sintomas e desconfortos sejam amenizados e alguns deles não se venham a manifestar.

 

As áreas clínicas que intervêm com sucesso nesta fase são:


• Medicina Quântica
• Medicina Tradicional Chinesa (na qual se inclui a Acupunctura)
• Homeopatia

 

Os principais sintomas que surgem na Menopausa são os afrontamentos, que se caracterizam por ondas de calor que percorrem o corpo e que podem ser acompanhados dos seguintes sintomas:


• Rubor facial, no pescoço e no peito
• Transpiração intensa
• Palpitações
• Sensação de angústia.

 

Estes afrontamentos podem surgir vários meses antes da cessação definitiva da menstruação, durando normalmente 2 a 3 minutos, podendo a sua frequência ao longo do dia ser bastante variável e surgir tanto de dia como de noite.


Este sintoma deve-se a desequilíbrios hormonais causados por falhas no centro hipotalâmico, regulador da temperatura corporal.


A instabilidade do sistema neurovegetativo vivenciada nesta fase provoca ainda outros sintomas, nomeadamente:


• Crises de transpiração isoladas
• Episódios de intensa sensação de calor, sem que surjam os afrontamentos
• Cefaleias
• Tonturas e zumbidos nos ouvidos
• Crises de palpitações
• Perturbações da sensibilidade tais como sensação de formigueiro nos membros

 

Para além destes sintomas, a Menopausa traz consigo alterações em todos os órgãos e sistemas:

 

• Pele mais fina, mais seca e menos elástica, evidenciando-se algumas rugas
• Os pelos e os cabelos tornam-se mais finos e mais fracos
• Atrofia dos órgãos genitais, assim como perda da firmeza
• Atrofia da mucosa vaginal
• Diminuição das secreções, o que pode desencadear ardor na área e tornar dolorosas as relações sexuais.
• Redução do tamanho das Trompas de Falópio, Útero e Mamas
• Aumento das micções e incontinência urinária
• Risco de doença cardiovascular devido à baixa de estrogénio
• Perda de massa óssea

 

Muito importante a ter em conta são também os aspectos emocionais inerentes à Menopausa.

 

São vários os factores que nesta fase da vida da mulher a podem deixar também emocionalmente debilitadas.

 

A Menopausa coincide normalmente com a fase em que os filhos abandonam o seio familiar, em que novas perspectivas profissionais parecem escassas e a nível sentimental parecem não se avistar alterações e as que se podem vislumbrar são em geral negativas.

 

Estes aspectos tendem a diminuir a auto-estima e em alguns casos criam quadros depressivos.

 

O próprio sistema endócrino, pelas suas alterações, produz variações de humor, baixa vitalidade e como consequência disso, gera-se desinteresse pela actividade sexual e até alguma impaciência, mesmo que não haja nenhum motivo que o justifique.

 

Nem todas as mulheres sofrem de todos os sintomas supracitados, sendo que cada caso é único e em cada um a Menopausa pode ser vivida com maior ou menor intensidade, dai ser importante uma análise pormenorizada e individualizada a cada paciente, analise essa que poderá ser levada a cabo através de uma consulta de Medicina Quântica.

 

Para mais informações, contacte a nossa Recepção e saiba tudo o que podemos fazer pela sua Saúde.