Pesquisa

Não existem registos

Não existem registos

Não existem registos

Acupunctura

 


Um diagnóstico correto é fundamental para uma terapia eficaz.

 

Na Medicina Tradicional Chinesa, o terapeuta começa por fazer uma análise à energia do corpo através da análise do pulso, língua e anamnese do paciente, determinando assim o órgão em desequilíbrio e a origem da doença.

 
Com base nos dados recolhidos planifica um tratamento que pode incluir uma ou mais das seguintes terapêuticas, combinadas entre si ou aplicadas separadamente, consoante o caso:

 
• Acupunctura
• Dietética
• Fitoterapia
• Tui na
• Chi kung

 

Embora seja fundamentalmente uma medicina preventiva, a Medicina Tradicional Chinesa torna-se um recurso inestimável, pelos excelentes resultados obtidos no tratamento de inúmeras patologias agudas e crónicas, nomeadamente:


• Alergias
• Enxaquecas
• Ansiedade
• Dores (Ciática, lombalgia, cervicalgia, dorsalgia etc.)
• Problemas digestivos
• Etc.

 


No caso da Acupunctura, funciona através da inserção indolor de finas agulhas em pontos específicos do corpo que influenciam as funções dos órgãos internos, restabelecendo assim o seu normal funcionamento.

 
A Medicina Tradicional Chinesa tem sido desenvolvida ao longo de vários milénios e assenta no princípio básico da dualidade yin e yang, que defende que estas duas energias têm que circular livremente e em harmonia pelo organismo, não podendo nenhuma delas ser preponderante.

 

O que a acupunctura se compromete a fazer é reconquistar esse equilíbrio, repondo o yin ou o yang consoante a necessidade específica de cada paciente.

 

A livre circulação do Qi (energia vital) garante a manutenção do estado de saúde do indivíduo, fortalecendo o organismo em geral.